Sexta Sei: Tá passada? Esse menino estreia o bom especial de comédia “Poodle”

Vídeo ainda tem participação de Jup do Bairro e vozes da cantora Duda Beat e do jornalista Chico Felitti

por Fabiano Moreira
sextaseibaixocentro@gmail.com

Caracterizado para o especial “Poodle”, Fotos: Doma

O comediante mineiro Esse Menino, 25 anos, teve a vida transformada pelo viral da “Pifáizer”, que ele postou em 9 de junho, quando tinha 40 mil seguidores. O número saltou para 1,2 milhão e catapultou o menino ao estrelato. O vídeo já passou de 20 milhões de views e rendeu contrato com a agência Mynd8, tietagem de sua diva Tatá Werneck e até uma palestra para os funcionários da Pfizer, tá passada? Hoje, ele estreia, na plataforma Evoé, o bom especial de comédia “Poodle”, gravado antes da fama, com participação especial de Jup do Bairro e vozes de Duda Beat e Chico Felitti. Tive acesso ao vídeo e está demais, de rir do começo ao fim.

Na tarde da última terça-feira (10), nós batemos um papo, pelo Zoom, no qual ele só me chama de “bicha” (kkk). Dá pra assistir tudo no player abaixo. Ele me contou que Tatá Werneck o seguiu no Instagram e “falou coisas belíssimas”. “Tenho medo de conhecer pessoalmente, por mim e por ela”, brinca. Fã de Saturday Night Live e Tina Fey, ele incensa também as gays do humor nacional, como Silvetty Montilla, Nany People, Luís Lobianco e Pedroca , e as drags da Ru Paul’s Drag Race. Sobre o segredo quanto ao nome de batismo, ele admite que é feio pra caramba, risos, e queria “ter essa embalagem de mistério”.

Ele me conta que se assustou com o número de seguidores explodindo e como acredita poder mudar os caminhos do humor nacional, que tem histórico de ser opressor de minorias.”Estamos ocupando estes espaços, mostrando uma realidade que as pessoas não conhecem de forma divertida, dando risada“, garante.

Cachorrinho de Jup do Bairro

Roteirista, comediante e ator, Esse Menino faz humor com a sua trajetória em “Poodle”, no qual vive um pet de madame, muito bem encarnada por Jup do Bairro. Ele  reflete os clichês que orbitam a vida dos gays, entre eles: a publicidade oportunista, a normatividade e a sensação da representatividade ser a pomba imaculada da militância. “O lacre está morto”, completa o ator. A boa direção de arte é de Ana Requião

O show tá valendo R$ 20 e o acesso vai de hoje até o dia 20 aqui. Tá valendo cada centavo, recomendo.

Abaixa que é tiro!💥🔫

Começa na quarta-feira (18) e vai até o dia 22 a quinta edição do Favela Sounds (Festival Internacional de Cultura de Periferia), “É a vez do amor”. O line-up é tiro, porrada e bomba, com grande elenco formado por A Travestis (BA) que eu amoooooo, Jup do Bairro (SP), Tássia Reis (SP),  Tuyo (PR), A Dama do Pagode (BA), Ellen Oléria (DF), Enme (MA), GOG (DF), MC Mari (BA), Shevchenko e Elloco (PE),  Markão Aborígene, Realleza e Taliz (DF), Murica (DF), TrapFunk Alívio (BA), Vandal (BA) e Vinícius de Oliveira (DF). 

Uma boa mistura de funk, pagodão, drill, bahia bass, pagode, MPB, pop, bregafunk, trap, afrohouse e rap, em shows gravados em estúdios e outras locações estratégicas em São Paulo, Salvador, Pernambuco, Maranhão e Distrito Federal. A programação completa com dias e horários está aqui

Presta atenção que quarta (18) tem Murica (12h), Vandal (13h) e DJ Mari (14h), e, na quinta (19), rola GOG (12h) Tuyo (13h) e Enme (14h). Na próxima coluna, relembro o que segue.

Jup do Bairro
Trap Funk Alivio
Vandal
Elle Oleria, Foto: Helen Salomão
Vinicius de Oliveira

A programação ainda traz mais de 40 atividades gratuitas, entre shows, mini oficinas, debates, entrevistas, talks e sessões de mentoria voltadas ao mercado criativo. O festival presta homenagem a dez favelas das cinco regiões do país, nomeando assim seus palcos. Um chamado a discutir afeto e solidariedade, combater discursos de ódio e estimular o pensamento a partir de uma ética amorosa. 

As atividades serão apresentadas das 16h às 23h30, com exceção do sábado, que se estende até a madrugada com uma festa online realizada na Twitch. A sexta (20) ganha as cores do arco-íris, com programação completamente comandada e dedicada à comunidade LGBTQIAP+ (40% do line updo evento é voltado a evidenciar essas narrativas).

EMME
A Travestis
Amaro
MC MARI

O festival, realizado pela Um Nome Produção e Comunicação, ainda lança “Corrente do Bem”, para arrecadar recursos para organizações de favelas brasileiras, com o objetivo de auxiliar no combate à fome e à Covid-19. Todo o conteúdo ficará disponível por um ano.

Imagina a Gente - Paige
Trono de Vidro - Iza Sabino

A coluna ainda era neném quando eu falei pra gente prestar muita atenção na mineira Paige, esse caminhão de talento da nova cena de Beloryhills. Eu morei três dias no clipe de “Brasil” quando descobri o rolê. Fiquei de boca aberta mesmo. Ela, que começou no canto erudito, acaba de lançar o EP visual Imagina a gente”, no qual cumpre tudo o que prometeu: R&B em vocais simplesmente perfeitos, nível Beyoncé, e muita fechação, que “essa mina é sucesso”, como canta no grupo A Fenda. O EP traz quatro lovesongs com participações de artistas pretos da cena de BH, como Chris MC, VHOOR, Pejota, o produtor do EP, Spider Pro Beats, Zulu IMG e a rapper Iza Sabino, que também acaba de lançar EP. Teve faixas nas playlists aqui das duas últimas semanas.

Sim, os novos talentos de BH não descansam, e Iza Sabino acaba de lançar EP, o bom “Trono de Vidro”, também com produção de Spider e assinatura do selo MacacoLab, braço da produtora A Macaco – responsável pelo Festival Sarará, que foi o máximo, no ano passado, e por artistas que a gente ama, como Lagum, Sidoka, A Fenda e outros. Iza mostra a importância de termos vozes de mulheres lésbicas e negras amplificadas, especialmente com a sua lírica contundente e política. Ela também é integrante de A Fenda, e o EP traz participações de VHOOR, Pejota, N.i.n.a., Thamiris, MC Laranjinha, MC Anjim e SMU.

DurangoKid DKMERON - Delírios Distópicos
Foto: Perspektiva

Quem acompanha as playlists aqui da #sextasei já ouviu aos bons singles “Liricanalha” e “Flow Petrópolis”, do rapper petropolitano DurangoKid, que taca hoje no mundo seu disco de estreia, o bom “DKMERON – Delírios Distópicos” . A pedrada é inspirada em “Decamerão” (1353), de Giovanni Boccaccio. “O livro foi escrito durante a peste bubônica na Europa e contesta valores da moral medieval da época, nada mais parecido com o Brasil que vivemos“, alfineta o artista, que integra o grupo Gotam Cru & os Curingas e não errou em uma track, misturando rap, trap, funk e reggaeton com a ajuda do pianista e arranjador Guimo Mota. Altamente recomendado.

Curumin
Mato Seco
Pedro Luís e Orquestra de Câmara Inhotim Crédito: Raval Filmes
Herson Capri e Leandro Luna, A Vela
Coletivo Afrobapho, Foto: Edgar Azevedo.

Depois dos espetáculos que foram os shows de Arnaldo Antunes e Otto no Inhotim em Cena, tem Pedro Luís e Orquestra de Câmara Inhotim, regida pelo maestro César Timóteo, no topo da Galeria Cosmococa, sábado (14), às 11h, com novos arranjos para o repertório em homenagem a Luiz Melodia. Imperdível, aqui.

​​Filhos de grandes músicos estão na live em comemoração ao Mês dos Pais, que rola nesta sexta (13),  às 20h, direto do palco do Teatro Bradesco, em São Paulo. A transmissão contará com Luciana Mello (filha de Jair Oliveira), Simoninha (filho de Wilson Simonal) e Max Viana (filho de Djavan), que recebem Nando Reis e o filho Sebastião Reis, Daniel e as filhas Lara e Luiza, Renato Teixeira e Chico Teixeira, Gabriel Pensador e Davi.

A última parte do filme-concerto “Criolo Samba em 3 Tempos” estreia nesta sexta, às 21h, grátis, no site do Teatro Unimed. A #ViradaSP segue enchendo nossos lares de alegria, nesse sábado (14),  com Criolo (20h30). 

No domingo (15) rolando o encerramento do “AFROBAPHOLab: Bahia is Burning”, às 19h, no YouTube, com apresentações musicais de Ventura Profana, Nêssa, Maya, DICERQUEIRA, Vittor Adél, As Mambas, Nininha Problemática, Áurea Semiseria e Udi Santos.

No Sesc ao vivo da semana, sempre às 19h, tem Curumin, hoje (13) e Mato Seco, amanhã (14). A madrugada termina no bar da Filipe Catto, a Love Catto Live, às 23h30.

No domingo (15), às 16h, rola o espetáculo infantil “Peter Pan”.

Na quinta-feira (19),  às 20h30, Herson Capri e Leandro Luna apresentam a peça “A Vela” no Sesc MG. A montagem conta a história de um pai que expulsou o filho de casa por não aceitar a sua orientação sexual. Vinte anos depois eles se reencontram, o filho se tornou uma drag queen.

Os cartazes conscientes do instagram Não temos que pegar

O Tiago Rodrigues (a.k.a. @fluoreto) é publicitário e artista visual de Sorocaba (SP) e criou o projeto Não temos que pegar para, de alguma forma, contribuir com a prevenção ao coronavírus e a adoção de hábitos seguros durante a pandemia. “A maioria dos cartazes levam recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Estou escrevendo um artigo científico sobre a sociabilidade em rede e os resultados que o projeto alcançou. Tem gente vacinando com os cartazes e professores usando nas salas de aula. Foi para além dos muros e dos compartilhamentos nas redes sociais”, conta o artista. Dá pra baixar todos os cartazes nesse drive aqui.

Está bom demais o disco de estreia de Gabeu, “Agropoc”, personagem que foi destaque da coluna aqui e, hoje, abre e fecha a nossa playlist de novidades. Gabeu é artista com A maiúsculo e criou um novo estilo musical, o pocnejo, que tem artistas tão talentosos como ele, como Gali Galó, Alice Marcone e BemTi, que, aliás, participa da bela faixa “Bem Te Vi”. O disco passeia por diferentes vertentes da música sertaneja, do sertanejo raiz com a viola caipira ao sertanejo universitário. A produção musical é de Fabrício Almeida, e todas as músicas, com exceção de “Cowboy”, são de autoria de Gabeu, pisa menos, gay. Tá bem bom.

Playlist com as novidades musicais da semana. Nesse post, tem todas as playlists do ano.  Aqui tem as playlists de 2020.

Playlist de videoclipes com The Weeknd, Clean Bandit + Topic + Wes Nelson, PVRIS, Valesca Popozuda, Troye Sivan, Doja Cat, Dexter , Lexa + Kevinho, Preta Gil + Fran, Ebony, DJ Zulu + L7NNON, Tropkillaz + Vulgo FK + MC Marks + MC Davi, Dennis + Gusttavo Lima, Matuê, Baby, João Gurgel, Maria Bethânia , Billie Eilish e Tony Bennett + Lady Gaga

Sexta Sei, por Fabiano Moreira

Comentários