Sexta Sei: Os novos sons de Jufas

Playlist traça mapa musical autoral da cidade e aponta geração confiante e otimista.

por Fabiano Moreira
sextaseibaixocentro@gmail.com

Logo que voltei à cidade, me apeguei a essa playlist que o músico Pedro Salim fez com a novíssima produção musical autoral da Zona da Mata. São 55 artistas com uma amostra recente da música na cidade, com lançamentos de 2010 para cá. Além de nomes já conhecidos, como Roger Resende, Estêvão Teixeira e Martiataka, era todo um novo mundo que se abria, pra mim, com RT Mallone, Tatá Chama e as Inflamáveis, Matilda, Caetano Brasil, Laura Conceição, Trinca Ferro e OBEY!, entre outros. Muitas possibilidades e o aviso de que havia boa música por aqui neste momento.

Pedro Salim, o seletor de lúpulo da Mangava, ops, música boa:  músico e produtor rural 

“Eu sempre sonhei em fazer um CD desses por causa daquele de 1996, Cidade Alternativa. Era moleque, ouvia e achava muito massa as bandas da cidade, isso me inspirou muito a ser músico”, explica Salim. A maioria dos artistas é de Juiz de Fora, com exceção de Clara Castro (Barbacena), Rodrigo de Sá (Leopoldina) e Chico Almeida (Andrelândia).

Escolhi seis músicos que mostram a diversidade e a qualidade da playlist e da cidade: Baapz, Kalli, Dubdogz, Clara Castro, Alessandra Crispin e o boho-folk Tiago Sarmento, o único a realmente falar sobre a cidade, não exatamente bem.

Baapz

Baixista na banda Alles Club, Baapz saiu em vôo solo com o bom EP de estreia “Remoto”. A faixa de trabalho, “Nervoso”, ganhou um filme de animação esperto e descolado do estúdio Inhamis (já gostava antes de entrar aqui pro site). O EP de indie rock fala de distâncias.

Kalli

Auto-estima é com o Kalli, jovem talentoso, pianista, que estourou com “Kallidade”, sim a faixa que fala sobre a qualidade de ser Kalli e já passa de 19 milhões de plays no Spotify. Com o mesmo produtor, Nabuscadoouro, ele lançou “Tamo Bem”, que já passou de 500 mil views. E esse rolê na represa João Penido do clipe? Desejei.

Dubdogz

Olha a represa aí de novo, é tendência? Aceito convites pós-Covid! A Dubdogz são os gêmeos Marcos e Lucas Schmidt, que fazem de deep house a nu disc na escola Alok. A dupla foi criada em 2015 e já tocou em gigs por Alemanha, África do Sul, Dinamarca, Suíça, França, Austrália e México,, passando por festivais como Tomorrowland e XXXperience.  O clipe do hit, “Techno Prank” já acumula  mais de 5 milhões de plays.

Clara Castro

Clara Castro está pronta para o sucesso, vide o show redondinho que fez no Parque Halfeld, no festival Pólen. Cantora, compositora e atriz, nasceu em Barbacena e mora em Juiz de Fora. Filhote da faculdade Bituca e do grupo Ponto de Partida, ela acaba de lançar o primeiro disco, “Caostrofobia“.,  Um cristal.

Alessandra Crispin

Como resistir à mana Alessandra Crispin cantando o clássico ‘Tristeza pé no chão“, do genial e gente boa Mamão? É Juiz de Fora sendo cool ao quadrado. Também revelada pelo The Voice, ela lançou o primeiro disco,“Meu Nome é Crispin”, com samba tradicional e híbrido. 

Tiago Sarmento

Apenas uma música da playlist fala de Juiz de Fora. Quem nunca teve vontade de xingar muito a cidade? Tiago Sarmento faz isso com classe em “Balada de um Xisforano“, reclamando da Independência que nem existe mais, do rolê no Alto dos Passos e do prefeito coxinha. Cantor, guitarrista, compositor e produtor, ele tem cinco disco lançados. E vai votar na Margarida porque ela é mulher. Yeah!

Confira um clipe de cada um dos artistas

Abaixa que é tiro!💥🔫

Dudu Lima (baixo), Ricardo Itaborahy (teclados e vocais) e Leandro Scio (bateria). Foto: Kempton Vianna

As lives do finde: hoje, 19h, Daniela Aragão faz tributo ao disco “Jubileu”, de Kim Ribeiro,  e logo depois, 20h, tem live da Vanessa da Mata. No sábado, temos Flavio Venturini (16h),  Maria Rita (19h), BRAZA (20h), Elza Soares comemorando 90 anos in Jazz  (21h), e no domingo, Mateus Aleluia (19h) e mais Elza Soares e com Flávio Renegado comemorando o aniversário de Marielle (19h). Na segunda, Emicida é o entrevistado do Roda Viva, às 22h, na TV Cultura.

O Circo Voador no Ar segue espancando e exibe shows  que aconteceram na casa de Dona Onete e Chico César, hoje e amanhã, respectivamente, sempre às 22h, no canal do Youtube. Eu me empolguei tanto com os shows de Letrux e Elza Soares na semana passada que assisti ao documentário “Circo Voador,a Nave”. Emocionante ver Cássia Eller e Tim Maia na casa.

Pra que fazer live se a gente pode ser festival, né? Resistência cultural na cidade há 18 anos, o Vinil é Arte faz o seu, neste sábado. Começa às 11h, com a exibição do documentário “Vinil, poeira e groove”, e segue com sets no Twitch de cada DJ, na ordem, de hora em hora, com Luiz ValenteNegralha, Pedro Paiva, Machintal, Nyack, Tutaoutros, cata na arte ao lado. 

Programação completa com links aqui.

Domingo, 26, às 17h, tem live do Dudu Lima Trio com  participações especiais de Caetano Brasil e Emmerson Nogueira. O trio traz as feras Dudu Lima (baixo), Ricardo Itaborahy (teclados e vocais) e Leandro Scio (bateria).

Os lançamentos musicais de hoje

Gostou? Não? Que pena…

Talvez você possa se interessar por outro conteúdo

One thought on “Sexta Sei: Os novos sons de Jufas

  1. Pingback: Sexta Sei: Essa moça Belloryhills tá diferente

Comentários não permitidos.

Comentários