Terça Ódio: Fisioterapia é Esporte!

Ian Dias
fotos: acervo pessoal

Alou sedentarismo pandêmico, como estão? Tive uma experiência ímpar no pior período da humanidade do último século, após torcer o pé de uma forma horrorosa tentando ser um adolescente de 34 anos descolado que escutava Charlie Brown na adolescência, fui obrigado a fazer 20 sessões de fisioterapia e acompanhamento médico para voltar a andar sem precisar de muleta.

E descobri meu novo esporte favorito, sim, fisioterapia pode ser considerado um esporte. Após ficar mais de um mês escutando Itatiaia (rádio juizforana que Phill Collins é o muso) e fazendo exercícios repetidos que me fizeram suar mais que crossfitero com comobirdade do instagram, achei algo que me faz sentir bem.

Um dos fatores que me fez sentir bem na fisioterapia foi o fato de não ter espelho e nem aquela busca grega por corpos perfeitos a base de Whey Protein com batata doce.

Outro fator que me chamou atenção foi que você pode fazer sua série de treinamentos de calça jeans, o que gera um alívio imediato aos olhos já que não se vê camisa de micareta com escrito “jegue elétrico” em uma arte com todas as cores possíveis dentro do Corel Draw. Aquele desconforto de ser o único da academia aonde malha e não ter aquela escultura em forma de corpo, nem ter que terminar a série de 15x levantando 2kg exercícios dando um grito hétero ahhhhh, como se estivesse em uma guerra.

Estou pensando em como renovar a ficha da fisioterapia para conseguir mais alguns treinos de tornozelo já que minha recuperação foi firmeza. Se alguém souber como consigo isso sem me machucar, eu gostaria de me dedicar ao fisioterapismo.

Já pensou em alguns anos termos fisioterapia nas olimpíadas? Todos os representantes de calça jeans, fumantes ou falidos ou com alguma comobirdade de verdade.

Seria o esporte de maior aderência pois tudo que você precisa é ser você mesmo, e não ter que mostrar pra ninguém o qual não saudável é a sua vida. No instagram, seriam fotos de cinzeiros abarrotados de cigarro,  no linkedin seriam saudáveis não conseguindo superar uma pessoa com comorbidade. No whatsapp ninguém vai dar bom dia com sol e um campo verde, e sim com uma chuva e barro.

Enfim, sabe aquela vontade de acordar e fazer um esporte as 6 da manhã?
Nunca tive.

Leia também

Comentários